O que é CFTV e como pode ajudar na segurança da sua casa ou loja?

CFTV - o que é

Lançar mão de recursos que prezam pela segurança de casas e apartamentos não é mais considerado luxo no Brasil. Com os números de crimes alavancando diariamente e o medo tomando conta das famílias, metodologias que apoiam e garantem a proteção do local em que moramos são cada vez mais comuns e acessíveis. Hoje, vamos falar especialmente de uma delas: o Circuito Fechado de Televisão (CFTV). Você sabe o que é, como funciona e como ele pode ser um aliado da sua tranquilidade? Acompanhe e fique por dentro dos detalhes!

O que é o Circuito Fechado de TV (CFTV)?

Como o próprio nome sugere, o CFTV é a vigilância feita por câmeras que, em tempo real, transmitem as imagens de determinado local (o condomínio em que você mora, por exemplo) para uma central de monitoramento. Ela pode ser usada nos mais diversos locais, desde a sua casa a prédios, lojas e supermercados, passando inclusive por lugares públicos, como praças ou largas avenidas.

Hoje, são comuns dois tipos de CFTV: o analógico e o digital. Entenda melhor sobre cada um deles a seguir.

CFTV analógico

O sistema analógico é hoje o mais utilizado especialmente por ser mais acessível: os custos são menores. As câmeras são ligadas aos dispositivos responsáveis por fazer a transmissão da imagem por meio de cabos. Além do baixo custo, existe uma maior variedade de modelos, já que está há mais tempo no mercado, e oferece maior compatibilidade entre os fabricantes disponíveis.

CFTV digital

Como já dá para imaginar, o fato de o sistema ser digital permite que a qualidade da imagem seja superior, facilitando a identificação de uma pessoa ou um objeto, por exemplo. O recurso zoom funciona melhor e o sistema não é vulnerável a interferências.

As vantagens e desvantagens de contar com um CFTV

É claro que não existe certo ou errado, tudo depende do objetivo de cada pessoa que está contratando o serviço. Mas, para facilitar a escolha, listamos abaixo pontos que consideramos vantajosos e os que não são tão vantajosos assim quando falamos de um Circuito Fechado de TV. Veja só:

Vantagens do circuito fechado de TV

  • Aumenta a eficiência no controle da circulação de pessoas e veículos
  • Diminui custos com profissionais da área de segurança, como porteiros e vigilantes
  • É possível ter um acesso remoto simples
  • Alguns sistemas são imunes a interferências (como é o caso do digital que citamos)
  • Há recursos extras de vídeos em determinados casos, que detectam orientações específicas (como movimentos ou contagem de veículos)

Desvantagens do circuito fechado de TV

  • Para optar por sistemas mais modernos e que oferecem as funcionalidades que vão, de fato, te deixar tranquilo, você provavelmente gastará bastante
  • Em alguns sistemas, a contratação de “diferenciais” que podem aumentar a sua sensação de segurança é um processo burocrático e nem sempre você terá um acesso simplificado a esses recursos
  • O processo de instalação é, muitas vezes, complexo
  • A imagem pode ficar comprometida por causa da capacidade de abrangência

Como já falamos, não existe o certo ou errado e há sempre uma opção de serviço que vai chegar mais perto do que você busca, estando dentro das suas condições de pagamento. É preciso pesquisar e, claro, ter a certeza de que você está lidando com profissionais competentes e que conhecem bem o assunto.

Uma solução moderna e acessível: a vigilância colaborativa

As desvantagens do CFTV, por exemplo, são facilmente solucionadas se você optar pelo sistema de vigilância colaborativa, que tem se destacado como uma nova alternativa à segurança: menos burocracia, transmissão ao vivo, acesso imediato e tecnologia de ponta são alguns dos pontos cruciais que podem fazer a diferença na sua decisão. Além disso, com esse tipo de sistema, é possível compartilhar as imagens das câmeras entre todos os moradores de determinada região e a gravação remota fica 100% em nuvem, reduzindo o totalmente as chances de perder gravações por problemas técnicos e o valor pago por cada um.

O processo de instalação é bem simples e basta um sinal de Wi-FI em um determinado ponto para que tudo funcione perfeitamente (se você contratar um serviço de qualidade, é claro!). Os contratantes conseguem ter acesso à plataforma de qualquer lugar do mundo e a partir de qualquer dispositivo – e não há como negar que isso tem sido uma enorme facilidade para muitos.

Bem, se você chegou até aqui e ainda está em dúvida sobre a instalação do CFTV, estude se soluções mais modernas e acessíveis podem funcionar melhor para a sua demanda: saiba tudo sobre Vigilância Colaborativa com quem domina o assunto.

Outros posts que pode te ajudar…

Afinal, qual a melhor posição para instalar câmeras de segurança?

Recursos para que nos sintamos cada vez mais seguros – seja em casa, no trabalho ou no condomínio – existem aos montes por aí. Contudo, saber quais são realmente eficazes (e sobretudo adequados) para a realidade de cada um é o maior desafio. E isso, claro, envolve o...

Afinal, o controle de acesso é realmente importante?

Entre as várias ferramentas disponíveis no mercado e nos sistemas de segurança que são comercializados atualmente, está o controle de acesso. Mesmo que você não saiba detalhes sobre ele, muito provavelmente já ouviu falar! Hoje, vamos aprofundar neste tema e explicar...

0 comentários